4 passos simples para evitar altos gastos com vale-transporte - Audaz

Blog » Financeiro » 4 passos simples para evitar altos gastos com vale-transporte
← Voltar

4 passos simples para evitar altos gastos com vale-transporte

4 de setembro de 2018

4 passos simples para evitar altos gastos com vale-transporte

Em tempos de economia instável, qualquer redução de custos é válida e necessária, certo? Evitar a perda de recursos é uma ação importante para qualquer empreendedor que almeja bons resultados em seu negócio.

De acordo com as leis trabalhistas, as empresas são obrigadas a oferecer vale-transporte a seus empregados, a fim de cobrir as despesas de deslocamento para o trabalho e vice-versa.

Gerir esse benefício de forma eficiente pode render uma economia surpreendente para o seu negócio.

Confira abaixo algumas dicas:

1-   Sugira rotas e linhas de transporte alternativas para o colaborador

Ao ser contratado, o colaborador informa a quantidade de vale-transporte que necessita para se deslocar no trajeto casa-trabalho-casa. A sugestão é que o time de RH faça uma consulta utilizando os endereços da empresa e do funcionário para verificar se existem rotas, linhas e tarifas alternativas que permitam economizar recursos que poderão ser revertidos em melhorias para os próprios colaboradores.

2-   Reaproveitar saldo não utilizado

As passagens que não foram utilizadas pelos funcionários no mês anterior devido a faltas, folgas, caronas ou licenças, podem ser reaproveitadas. Desse modo, a empresa pode recarregar o cartão de vale-transporte somente com o valor necessário para cobrir as despesas do mês. Veja o exemplo:

Conheça o Case da Construtora MRV Engenharia

Imagine só a economia que isso pode gerar a médio e longo prazo se você considerar o número total de funcionários da empresa?

3-   Conscientize os funcionários sobre o uso do benefício

O empregado que utilizar o vale-transporte de forma inadequada, isto é, em outras situações que não seja a ida para o trabalho, está sujeito a demissão por justa causa. Isso ocorre porque, conforme as leis do trabalho, essa conduta é considerada falta grave, assim como o uso do benefício por terceiros.

O colaborador deve sempre ser orientado sobre a correta utilização do benefício de vale-transporte. Promover a conscientização resulta em aumento do saldo residual do cartão no final do mês e, consequentemente, gerar maior economia.

4-   Invista em uma solução eficiente para a gestão dos benefícios

O controle de benefícios como o vale-transporte, quando é feito de forma manual, está sujeito a dois problemas: falhas no processo de gestão e grande desperdício de tempo. E todo gestor sabe que tempo é dinheiro!

Optar por um sistema online de gestão de vale-transporte evita gastos excessivos e faz com que o time de RH da empresa tenha mais tempo para se dedicar a atividades mais estratégicas.

CONHEÇA O ABSCARD – Sistema de gestão de vale-transporte

Conclusão

Uma boa gestão financeira deve observar todos os setores da empresa. Somente por meio de um olhar apurado o empreendedor consegue analisar suas operações e tomar medidas estratégicas para aperfeiçoar processos internos e reduzir custos.

Atualmente, o mercado conta com uma grande aliada: a tecnologia. Já que é possível automatizar processos, que seja a favor do seu negócio, não é mesmo? Quer saber mais sobre como economizar tempo e dinheiro na gestão de benefícios de sua empresa? Fale com a Audaz Tecnologia e conheça a solução mais inteligente em gestão de vale-transporte: O ABSCARD.