Entenda mais sobre fit cultural e a sua importância em uma empresa - Audaz

Blog » Recursos Humanos/DP » Entenda mais sobre fit cultural e a sua importância em uma empresa
← Voltar

Entenda mais sobre fit cultural e a sua importância em uma empresa

21 de novembro de 2018

Entenda mais sobre fit cultural e a sua importância em uma empresa

O que é fit cultural?

Quando criamos uma empresa, umas das primeiras coisas que fazemos é determinar quais serão os valores que a nortearão. Sendo assim, todos os processos, produtos e serviços são desenvolvidos com base nessas informações. Isso define a cultura da organização. Da mesma forma, cada indivíduo carrega consigo seus próprios valores e crenças. O fit cultural acontece quando existe uma sinergia entre a cultura corporativa e a cultura pessoal dos colaboradores.

Quais os benefícios ele proporciona para a empresa?

O fit cultural garante uma série de vantagens tanto para o negócio quanto para as pessoas que atuam nele. Vamos falar um pouco sobre cada uma das principais.

Aumento na cooperação entre os funcionários

A sinergia entre a cultura dos funcionários contribui para o aumento na cooperatividade das equipes. Afinal, todos acreditam nas mesmas coisas e encontram, assim, parceiros para seus afazeres. Além disso, essa prática elimina os problemas e até mesmo desavenças entre os colaboradores, visto que a incompatibilidade de pensamentos é menos provável.

Aumento na produtividade

Equipes engajadas são muito mais produtivas. Ao compartilharem as mesmas crenças e valores, as pessoas têm mais vontade e prazer naquilo que estão fazendo. Sendo assim, além de estarem mais motivadas, elas executam as atividades com mais qualidade e rapidez.

Redução do turnover

Uma das principais razões para alguém pedir a sua demissão de uma empresa é a falta de fit cultural. Mesmo que a pessoa não saiba que se trata disso, ela não se sente confortável com a sua rotina. Em alguns casos, ela pode realizar tarefas pelas quais discorda, isso porque cada pessoa possui uma cultura diferente, e essa é a importância do alinhamento com a empresa.

Economia nos processos de seleção e recrutamento

Avaliando a compatibilidade cultural ainda no processo seletivo, o RH reduz as chances de insatisfação tantos dos gestores quanto dos próprios contratados. Com isso, o turnover é diminuído e, consequentemente, a vaga não precisa ser reaberta inúmeras vezes. Isso provoca uma redução na carga de trabalho do setor de seleção, e uma economia financeira para a empresa como um todo.

Fortalecimento da marca

Contar com colaboradores que compartilham dos mesmos princípios e valores que a organização melhora consideravelmente a imagem da empresa perante o mercado. Não é à toa que os rankings das Melhores Empresas para Trabalhar são tão almejados e disputados. Isso passa a impressão ao cliente de que trata-se de uma empresa séria e comprometida.

Retém os funcionários mais talentosos

O alto índice de turnover provocado pela falta de fit cultural acaba levando embora excelentes profissionais sob o ponto de vista técnico. Entretanto, quando a questão comportamental é trabalhada desde o início, é possível aliar a boa capacidade técnica com a compatibilidade de valores. Isso evita que os especialistas de cada área queiram deixar a empresa.

Promove crescimento para a empresa

Diante de todos os benefícios citados até aqui, fica evidente que a tendência do negócio é evoluir. Não se trata de apenas crescer, mas conseguir isso de forma consistente e sustentável, com funcionários que “vestem a camisa” verdadeiramente.

Como deixar o processo seletivo mais estratégico?

Como vimos até aqui, a melhor forma de garantir um bom fit cultural entre a empresa e seus funcionários é avaliar a questão ainda no processo seletivo. Dessa maneira, todas as expectativas são alinhadas logo no início, e os benefícios podem ser percebidos já nos primeiros dias após a contratação.

Então, vamos dar algumas dicas para incorporar a análise de fit cultural no processo de recrutamento da organização. Confira!

Priorize as características comportamentais

O primeiro passo para encontrar as pessoas com mais propensão a dar fit é mudar a forma de analisar os currículos. O método tradicional de seleção escolhe os profissionais com base em seus conhecimentos e experiências técnicas. Muitas vezes, não é feita nenhuma avaliação comportamental.

Na nova proposta, o ponto de maior relevância está no comportamental. É claro que as habilidades técnicas serão avaliadas, mas é o fator cultural que determinará a seleção final. Além do mais, as habilidades técnicas podem ser aprimoradas por meio de treinamentos; já os valores e crenças de uma pessoa não são tão mutáveis.

Utilize softwares para facilitar o processo

O mercado de RH já notou essa tendência e, já disponibiliza diversos softwares que ajudam nesse sentido. Para a fase de recrutamento, é interessante contar com um programa que ajude a identificar o perfil comportamental dos candidatos e questões de preferências e tendências pessoais.

Isso ajuda a conhecer melhor cada um deles e verificar se possuem características ou tendências incompatíveis com o perfil da vaga e a cultura da empresa. Boa parte das pessoas são filtradas nessa etapa, e o trabalho do RH se torna ainda mais efetivo e eficiente.

Adicione uma etapa de entrevista invertida

Uma prática cada vez mais comum nos processos modernos de seleção é a aplicação da entrevista invertida. Trata-se de uma etapa em que os candidatos devem entrevistar funcionários que ocupem o mesmo cargo para o qual ele está concorrendo.

O principal objetivo dessa atividade é dar a oportunidade dos candidatos de ver como a empresa funciona, como será sua rotina após a contratação e se é isso mesmo que ele quer. Nessa fase, é o candidato que decide se quer ou não seguir no processo.

Enfim, o fit cultural é mais que uma estratégia de RH. Ele deve ser encarado como uma característica básica da empresa e levada bastante a sério pelos profissionais. Cuidando desse ponto, a organização será fortalecida e alcançará um crescimento muito maior e mais sustentável.

Se você gostou deste texto, aproveite e descubra como otimizar processos e tornar a gestão do RH mais enxuta e automatizada. Então, não deixe de ler nosso conteúdo sobre o assunto.